A Juventude deve assumir os destinos duma Africa em ascensão
23/11/2017 16:57

A natureza foi bastante generosa com a mãe Africa tendo abençoado o continente com abundância de uma vasta gama de recursos naturais suficientes para transformar o gigante adormecido num colossal da economia mundial. Entretanto, ainda persistem problemas estruturantes ligados a questões de mão-de-obra qualificada, ambiente de negócios virado para o desenvolvimento e acções governamentais radicalmente inclusivos e competentes, condição Sine qua non para libertar a Africa das armadilhas da ajuda externa a que se encontra voltada desde o século passado.

Esta ideia foi defendida de forma unanime pelo antigo Primeiro ministro do Cabo Verde Dr. José Maria Neves e pelo diplomata e líder do CDS-PP Dr. Paulo Portas em Maputo na abertura do Fórum MOZEFO Young Liders, um espaço de debate, discussão e busca de mecanismos apropriados para o empoderamento da juventude moçambicana e sua participação no processo de desenvolvimento.

Perante uma plateia com mais de 200 jovens empresários, estudantes, representantes de associações e líderes juvenis José Maria Neves e Paulo Portas partilharam suas experiências de mais de 15 anos de governação e desafiaram os jovens a investirem no conhecimento como uma vantagem competitiva e qualitativa para conquistarem espaço no mercado de trabalho.

Jovens do Serviço Cívico formados em Educação Financeira
23/11/2017 16:36

O Centro de Recursos juvenis da MOZARTE no quadro da implementação de políticas, programas e outras iniciativas tendentes a melhoria da vida dos jovens, realizou a cerimónia de graduação de 300 jovens prestadores de Serviço Cívico de Moçambique, formados em diversos cursos profissionalizantes tais como, Electricidade Civil, Serralharia, Informática, Corte e Costura, e Educação Financeira.

A actividade enquadra-se no Programa Quinquenal do Governo – 2015/2019, que tem como enfoque central o aumento de emprego, da competitividade e produtividade para a melhoria das condições de vida dos moçambicanos, no campo e nas cidades, em ambiente de paz, consolidando a democracia e a governação participativa e inclusiva. Igualmente, defende a participação da Juventude nas actividades socioculturais, desportivas e económicas, priorizando o estímulo à iniciativas juvenis empreendedoras para o auto-emprego e geração de renda.

Alberto Nkutumula, Ministro da Juventude e Desportos, que presidiu a cerimónia, instou os participantes e implementadores do projecto a consolida-lo e expandi-lo de forma célere para outras províncias.

Ver mais notícias >

Jornal Desportivo