Imprensa

Notícias

A natureza foi bastante generosa com a mãe Africa tendo abençoado o continente com abundância de uma vasta gama de recursos naturais suficientes para transformar o gigante adormecido num colossal da economia mundial. Entretanto, ainda persistem problemas estruturantes ligados a questões de mão-de-obra qualificada, ambiente de negócios virado para o desenvolvimento e acções governamentais radicalmente inclusivos e competentes, condição Sine qua non para libertar a Africa das armadilhas da ajuda externa a que se encontra voltada desde o século passado.

Esta ideia foi defendida de forma unanime pelo antigo Primeiro ministro do Cabo Verde Dr. José Maria Neves e pelo diplomata e líder do CDS-PP Dr. Paulo Portas em Maputo na abertura do Fórum MOZEFO Young Liders, um espaço de debate, discussão e busca de mecanismos apropriados para o empoderamento da juventude moçambicana e sua participação no processo de desenvolvimento.

Perante uma plateia com mais de 200 jovens empresários, estudantes, representantes de associações e líderes juvenis José Maria Neves e Paulo Portas partilharam suas experiências de mais de 15 anos de governação e desafiaram os jovens a investirem no conhecimento como uma vantagem competitiva e qualitativa para conquistarem espaço no mercado de trabalho.

Ler mais

O Centro de Recursos juvenis da MOZARTE no quadro da implementação de políticas, programas e outras iniciativas tendentes a melhoria da vida dos jovens, realizou a cerimónia de graduação de 300 jovens prestadores de Serviço Cívico de Moçambique, formados em diversos cursos profissionalizantes tais como, Electricidade Civil, Serralharia, Informática, Corte e Costura, e Educação Financeira.

A actividade enquadra-se no Programa Quinquenal do Governo – 2015/2019, que tem como enfoque central o aumento de emprego, da competitividade e produtividade para a melhoria das condições de vida dos moçambicanos, no campo e nas cidades, em ambiente de paz, consolidando a democracia e a governação participativa e inclusiva. Igualmente, defende a participação da Juventude nas actividades socioculturais, desportivas e económicas, priorizando o estímulo à iniciativas juvenis empreendedoras para o auto-emprego e geração de renda.

Alberto Nkutumula, Ministro da Juventude e Desportos, que presidiu a cerimónia, instou os participantes e implementadores do projecto a consolida-lo e expandi-lo de forma célere para outras províncias.

Ler mais

Participando da 5ª Conferência Nacional de Empreendedorismo, que teve lugar em Maputo, sob  lema “Conectando Mentes Inspiradoras, Criadoras e Inovadoras” Alberto Nkutumula, Ministro da Juventude e Desportos encorajou os jovens que abraçam o empreendedorismo como alavanca indispensável para o desenvolvimento e lembrou que a juventude deve ser demonstrada pela qualidade e intensidade da sua participação na busca de soluções, facto que passa, primeiro, por desenvolver uma postura individual e colectiva de pensar, agir e vencer.

O Ministro, garantiu que a participação de jovens empresários no desenvolvimento do país é particularmente apreciada e valorizada pelo Governo, porque constitui uma plataforma que determina o despertar das suas capacidades, competências e habilidades. De acordo com o governante, o Estado está consciente do papel crucial do empresariado nacional no desenvolvimento e na criação de condições para que os cidadãos desfrutem do mínimo necessário para o seu dia-a-dia, por isso o executivo tem criado incentivos e benefícios fiscais para este extracto social, de modo que, através de acções de empreendedorismo, haja geração de riqueza e auto-emprego. Os jovens empreendedores devem, na opinião do titular do pelouro da juventude e desportos, unir sinergias, criando oportunidades de negócios e intercâmbios empresariais, visando a sua promoção, sobretudo no capítulo da inovação.

Ler mais

Teve lugar a cerimónia de assinatura do memorado de entendimento entre o Instituto Nacional do Desporto, representado pelo respectivo Director Geral, Salazar Picardo, e a MRD Investiments, Lda, representada pelo Coordenador Geral da Empresa, Domingos da Silva Castro, visando a materialização, em território moçambicano, da 1ª Edição da Prova de Atletismo, denominada MEIA MARATONA INTERNACIONAL DE MAPUTO a realizar-se no dia 17 de Junho de 2018, na Cidade de Maputo.

A efeméride é coorganizada pelas duas entidades supracitadas em parceria com o Conselho Municipal da Cidade de Maputo e da Federação Moçambicana de Atletismo e contará com 3000 participantes, entre atletas da meia maratona, nacionais e internacionais, convidados de nível mundial e qualquer cidadão que quiser participar, sem distinção e idade. Todos aos participantes terão direito a um boné, uma camisete, uma mochila e os que terminarem a corrida receberão igualmente uma medalha.

Ler mais

No âmbito do projecto “Desporto é Saude” e Juventude Ocupada, Juventude Saudável”, a Direcção da Juventude e Desporto da Cidade de Maputo, em coordenação com a Associação Ícones Produções, levou a cabo no pretérito fim-de-semana uma acção de promoção de lazer, cultura e desporto nas escolas como forma de prevenção de delinquência juvenil por meio de acções de ocupação sã e produtiva dos tempos livres dos adolescentes e jovens.

O acto contou com a presença do Ministro da Juventude e Desporto, Alberto Nkutumula, que procedeu a oferta, a Associação Ícones Produções, de um conjunto de material desportivo composto por bolas de Futebol, Basquetebol e Voleibol para cerca de 350 crianças e jovens movimentadas no Bairro das Mahotas, Distrito Municipal Kamavota, na Cidade de Maputo.

Ler mais

A escola Comunitária São-vicente de Paulo da Malhangualene acolheu as cerimónias centrais de lançamento da Semana Nacional do Desporto que vai ter lugar de 16 a 23 do mês em curso em todo o território nacional sob o lema “Desporto, Paz e Desenvolvimento”inserido num leque bastante diversificado de iniciativas desportivas, de carácter informativo, demonstrativo e competitivo.

Participaram do evento mais de 500 crianças com demonstrações desportivas de todas as modalidades incluindo os jogos Tradicionais. A afluência massiva de estudantes, desportistas e do público em geral no evento, renova o compromisso e o esforço do Governo no sentido de continuar a alargar a criação de condições multiformes com vista ao desenvolvimento do desporto em Moçambique.

Ler mais

O Programa de Educação Financeira para Jovens, que objectiva fornecer instrumentos práticos para a juventude neste domínio, munindo-os jovens de habilidades e conhecimentos sobre gestão financeira, com enfoque nas escolas e comunidades, em colaboração com os líderes das localidades e bairros, privilegiando uma formação provida por jovens para jovens, através dos educadores de pares. A realização da Cerimónia de Entrega de Certificados aos Jovens Educadores de Pares, à luz do programa de Educação Financeira para Jovens, ocorreu no distrito da Matola, no Centro de Formação de Professores, uma parcela que insere o maior parque industrial do País, e que chama pelo empenho de uma juventude comprometida com o processo de desenvolvimento nacional, mais inclusivo e sustentável.

Ler mais

No âmbito do Programa Diálogo Permanente com a Juventude, uma iniciativa do Ministério da Juventude e Desportos que visa promover a participação dos jovens no debate e procura de propostas de soluções para os principais problemas que os apoquentam, foi realizada uma “Reflexão sobre o Papel dos jovens no combate a sinistralidade rodoviária” presidida por Sua Excelência Alberto Nkutumula, Ministro da Juventude e Desportos, no dia 15 de Setembro do ano em curso, tendo contado com uma plateia de mais de 200 jovens provenientes de todas as artérias da Cidade e Província de Maputo.

A escolha do tema foi motivada pelo recrudescimento de acidentes de viação em Moçambique nos quais os jovens aparecem como os maiores protagonistas, provocando danos humanos e materiais, aliado ao excesso de velocidade; a falta de habilidade para conduzir e ao consumo excessivo de álcool e de outras drogas.

Ler mais

No âmbito do cumprimento das actividades do sector, o Ministério da Juventude e Desportos, através do Instituto Nacional da Juventude, realizou a cerimónia de Premiação Nacional do Jovem Criativo. Esta iniciativa destina-se a jovens dos 18 aos 35 anos e visa reconhecer e impulsionar a criatividade no seio dos mesmo, bem como promover e desenvolver, o espirito criativo no seio dos jovens.

O evento serviu para premiar jovens que se distinguiram pela sua acção nas áreas de Empreendedorismo, Inovação Científica e Criação Artística. De acordo com o Ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula, o Prémio Jovem Criativo, edição 2017, aparece numa altura em que a juventude é chamada a redobrar esforços na criação do bem-estar social e económico dos moçambicanos.

Nos três domínios de eleição ao Prémio, os jovens têm contribuído através do seu intelecto para o alcance de novos patamares do progresso socioeconómico, sendo que, multiplicam-se os apelos aos jovens criadores para que se esmerarem na busca de soluções práticas para os desafios que os apoquentam a todos os níveis.

Ler mais

O futebol moçambicano discutiu o uso de métodos informatizados para a pesquisa de talentos e elaboração de base de dados, aliados a critérios de acompanhamento e promoção, tendo como finalidade a sua exportação para mercados futebolísticos financeiramente mais aliciantes para rentabilizar os próprios clubes. O 1º Fórum de Scouting, subordinado ao tema “O Futuro do Futebol Moçambicano” constituído por três painéis temáticos, o fórum discutiu vários temas dentre os quais, Não Desperdiçar Talentos: o Papel do Estado, Entidades Nacionais e Clubes, onde faziam parte do painel principal o Director Nacional do Desporto, Francisco da Conceição, o Director Geral do Instituto Nacional do Desporto, Salazar Picardo e presidentes de alguns clubes da cidade de Maputo.

O Ministério da Juventude e Desportos encara a realização do 1º Fórum de Scouting – o Futuro do Futebol em Moçambique, como evidência inequívoca de que a decisão do Governo de criar um ambiente favorável ao florescimento das Sociedades Anónimas Desportivas responde, de forma oportuna, às preocupações dos fazedores do desporto em Moçambique, na sua mais ampla dimensão e, no caso em apreço, a do futebol.

Ler mais